Economia

Governo realiza leilão de 3 áreas portuárias nesta terça

A previsão de investimentos é de cerca de R$ 420 milhões durante os 25 anos de arrendamento de terminais no Porto Santos (SP) e no Porto de Paranaguá (PR).

O governo federal irá realizar nesta terça-feira (13) o leilão de arrendamento de três terminais portuários. Serão oferecidos à iniciativa privadas duas áreas no Porto Santos, em São Paulo, e uma área no Porto de Paranaguá, no Paraná.

O leilão está marcado para começar a partir das 10h, na Bolsa de Valores de São Paulo, a B3.

A previsão de investimentos é de cerca de R$ 420 milhões durante os 25 anos de arrendamento.

Os terminais em Santos são destinadas à movimentação de graneis líquidos combustíveis (STS13A), e fertilizantes e sal (STS20). No Porto de Paranaguá, a área que será arrendada é destinada à movimentação de carga geral, especialmente papel e celulose.

De acordo com as regras previstas no edital, as empresas e/ou consórcios puderam apresentar as propostas no dia 6 de agosto e vencerá o certame quem oferecer o maior valor de outorga, que começará em R$ 1.

Os 3 terminais fazem parte do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do governo federal.

“Esse ano, além dessas, tivemos outras 10 áreas leiloadas e isso mostra o interesse do investidor nesses ativos. Com certeza, será um motivador de novas áreas portuárias entrarem na carteira do PPI para concessões futuras”, afirmou a secretária especial do PPI, Martha Seillier.

Veja também: MCDONALD’S DO JAPÃO CAUSA POLÊMICA COM LINHA DE COPOS DE VERÃO

Via
G1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios