Mundo

Hamilton Mourão representará o governo em posse na Argentina

O porta-voz do Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, disse que o vice-presidente Hamilton Mourão será o representante do governo brasileiro na posse do novo presidente da Argentina, Alberto Fernández , que ocorrerá nesta terça-feira (10), em Buenos Aires. Mourão embarca ainda hoje (9) para a capital do país vizinho.

“Confirmamos a participação do nosso vice-presidente na posse do futuro presidente da Argentina, senhor [Alberto] Fernández. O vice-presidente deve deslocar-se para a Argentina ainda hoje”, afirmou Rêgo Barros a jornalistas, durante coletiva no Palácio do Planalto, na noite desta segunda-feira. O embarque está previsto para as 20h.

Mais cedo, o Ministério das Relações Exteriores havia informado que o embaixador do Brasil em Buenos Aires, Sérgio Danese, era quem representaria o governo brasileiro na posse de Alberto Fernández. Seria a primeira vez em mais de 15 anos que o governo brasileiro deixaria de enviar um representante do primeiro escalão para a posse de um presidente argentino. O país vizinho é o terceiro maior parceiro comercial do Brasil, atrás de China e dos Estados Unidos, com um fluxo comercial anual de mais de quase US$ 26 bilhões, segundo dados de 2018.

Segundo Rêgo Barros, a decisão de Bolsonaro de enviar o vice-presidente foi uma forma de valorizar a relação entre os dois países, especialmente em relação às questões comerciais. “Com relação à decisão do presidente, ele vem, ao longo do dia, e mesmo ontem, fazendo análises continuadas, discutindo com vários ministros, e a partir dessas discussões, entendendo que se faria necessária a presença de uma autoridade lá […] para valorizar o relacionamento com a Argentina, em especial, nos aspectos comerciais”.

Alberto Fernández venceu as eleições argentinas pela coalizão de esquerda Frente de Todos. Ele tem como vice a senadora Cristina Kirchner, ex-presidente do país. Bolsonaro é crítico do kirchnerismo e apoiou a reeleição do presidente Maurício Macri, derrotado nas urnas nas eleições realizadas em outubro no país vizinho.

Há pouco, em seu Twitter, o vice-presidente disse que, a decisão de Jair Bolsonaro de designá-lo para representá-lo na posso de Fernández foi um “gesto polílitico”.

Via
FONTE: EBC
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios