Saúde

Helicóptero resgata órgão de transplante que ficou preso em trânsito em SC

Fígado estava sendo levado por equipe médica em carro que não conseguiu passar o congestionamento causado por acidente na BR-101, em Itapema.

Os bombeiros que atuam no Arcanjo 03, um dos helicópteros de resgate da corporação catarinense, precisaram realizar um rápido apoio no início da tarde desta quarta-feira (11).

Um carro que transportava um fígado para transplante, entre Florianópolis e Blumenau, ficou preso no congestionamento causado por um acidente entre dois caminhões na BR-101, em Itapema. Foi preciso a agilidade do Arcanjo para levar o órgão o quanto antes para o hospital.

Por volta de 12h45, o helicóptero que fica em Blumenau foi chamado para buscar o fígado que, de carro, não chegaria ao destino a tempo de uma cirurgia de transplante que ocorreria justamente na cidade do Vale do Itajaí.

O Arcanjo precisou pousar no meio da BR-101 para realizar o resgate do órgão. Em 27 minutos, o fígado chegou à Blumenau – em tempo menor do que previsto por carro.

Os órgãos possuem uma vida útil reduzida quando já estão fora do corpo. O transplante deve ser realizado o quanto antes, para reduzir o risco de rejeição. O fígado, em especial, é um órgão ainda mais sensível. Caso não fosse possível o suporte aéreo do Arcanjo, possivelmente o órgão seria descartado, inviabilizando o transplante, avaliam os bombeiros.

Acidente
Por volta de 12h15 desta quarta-feira, dois caminhões colidiram no km 145 do sentido Norte da BR-101, em Itapema, Litoral Norte catarinense. Um dos veículos, com carga de madeira, começou a pegar fogo. Ninguém se feriu gravemente. Todas as pistas da rodovia foram interditadas na região conhecida como Morro da Calota.

Por volta de 13h45, apenas uma das pistas do sentido Sul foi liberada, informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Até 14h45, ainda não havia previsão de liberar o trânsito na região.

 

Via
G1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios