Polícia

Homem apontado como um dos líderes de facção criminosa no Norte do Brasil é preso

Silvio Andrade Costa foi preso em Manaus, capital do Amazonas, na Zona Norte do Brasil

RIO — Foi preso na tarde desta quinta-feira Silvio Andrade Costa , conhecido como Silva ou Silvinho. Ele é apontado pela polícia como um dos chefes de uma facção criminosa em Manaus , capital do Amazonas, na Região Norte do Brasil. De acordo com a polícia, havia um mandado de prisão contra o homem pelo crime de homicídio.

O detido era apontado como um dos chefes de uma facção de narcotraficantes que atua no Estado do Amazonas. No entanto, após um racha, que ocorreu em 2018, ele e outros comparsas teriam se aliado a uma facção inimiga, que seria originada no Rio . Diante disso, uma guerra entre os traficantes foi instaurada na região.

Silvio, segundo a Polícia Civil de Manaus, é um dos maiores abastecedores de drogas e armas nos constantes confrontos na cidade. A facção criminosa do Rio de Janeiro se instalou no Amazonas e está na disputa pelo tráfico local e pelo domínio das rotas de drogas e armas que entram para o Brasil pelo Rio Solimões e pelo Rio Negro.

Via
O GLOBO
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios