GeralNotícias

Homem fica com termômetro dentro da bexiga por 11 dias

Aos médicos, paciente de 25 anos relatou que inseriu objeto na uretra e esperava que ele fosse expelido espontaneamente, o que não ocorreu

Após 11 dias com um termômetro dentro do corpo, um homem de 25 anos resolveu procurar um pronto-socorro de Xangai, na China. Ele relatou aos médicos ter inserido o objeto na uretra e esperava que fosse sair espontaneamente, o que não ocorreu.

Quando decidiu ir ao hospital, o homem já apresentava hematúria, que é a presença de sangue na urina. Além disso, ele também se queixava dor na parte inferior do abdome quando pressionado.

O caso foi relatado no periódico científico Urology Case Reports, recentemente.

“Havia um termômetro na bexiga. A extremidade do vidro estava localizada na parede posterior da bexiga e a extremidade do bulbo estava localizada na parte inferior da bexiga”, registraram os médicos.

A equipe utilizou um procedimento chamado cistoscopia transuretral (endoscópico) para localizar o termômetro. Também foi necessário um extrator de cálculos para remover o objeto.

A retirada do termômetro levou apenas 15 minutos. O paciente se recuperou bem, após ficar com um cateter por três dias.

Objeto foi removido em 15 minutos
Objeto foi removido em 15 minutos Reprodução/Urology Case Reports
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios