NotíciasSaúde

Hospital Albert Einstein, em SP, confirma 98 casos de coronavírus desde o primeiro registro em fevereiro até esta quinta-feira

Hospital somou mais 60 casos de quarta (11) para quinta-feira (12); casos ainda não foram repassados ao Ministério da Saúde e, portanto, não foram contabilizados.

O Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, confirmou nesta quinta-feira (12) mais 60 casos de coronavírus. Os casos ainda não foram repassados ao Ministério da Saúde e, portanto, não foram contabilizados. No total, desde o primeiro caso confirmado em 25 de fevereiro, o hospital totalizou 98 confirmações.

Na tarde de quarta-feira (11), o hospital, por meio de nota, tinha confirmado 38 casos. Nesta quinta (12), o hospital disse que até as 19h30, havia confirmado 98 casos.

Números de exames feitos pela instituição nos últimos três dias:

  • 09/03: 259 testes
  • 10/03: 290 testes
  • 11/03: 681 testes
  • 12/03: 756 testes (até as 19h30)
  • Confirmados acumulados: 98

O balanço do Ministério nesta quinta (12) apontou para 77 casos no Brasil e 1,4 mil suspeitos. O prazo para a notificação ao Ministério é de 24 horas e o hospital está dentro do prazo.

Um balanço também divulgado nesta quinta-feira (12) pela Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo contabiliza 46 casos confirmados do novo coronavírus. O aumento foi de 53% em relação ao balanço anterior: na quarta-feira (11), o estado registrava 30 casos confirmados.

Dos 46 casos confirmados, 44 estão na capital, 1 em Ferraz de Vasconcelos e 1 em Santana de Parnaíba. No estado, há 555 casos suspeitos da doença.

Instituições

Em uma nota conjunta, emitida pela Secretaria de Estado da Educação de São Paulo (Seduc-SP), União Municipal dos Dirigentes de Educação (Undime-SP), Secretaria Municipal de Educação (SME-SP) e o Conselho Estadual de Educação (CEE-SP), o governo anunciou que as aulas nas escolas públicas estaduais e municipais de São Paulo estão mantidas.

Nesta quinta-feira (12), a Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), a Faculdade Cásper Líbero, o Insper e a Fundação Armando Álvares Penteado (Faap) anunciaram a suspensão das aulas em virtude do aumento dos casos confirmados de coronavírus.

Algumas faculdades e escolas particulares de São Paulo suspenderam eventos que promovem encontros de grande número de pessoas desde quarta-feira (11).

Órgãos públicos cujas sedes estão instaladas na cidade de São Paulo também implementaram restrições à entrada e circulação de pessoas.

Coronavírus: infográfico mostra principais formas de transmissão e sintomas da doença — Foto: Infografia/G1

Comentários no Facebook

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios