DestaqueGeralInternacional

Japão doa US$ 3,6 milhões para ONU atender venezuelanos no Brasil

O governo do Japão vai financiar quatro agências da Organização das Nações Unidas (ONU) para atender cidadãos venezuelanos que tenham pedido residência no Brasil ou estejam refugiados.

No total, serão doados US$ 3,6 milhões para Agência da ONU para Refugiados (Acnur), Agência das Nações Unidas para Migrações (OIM), Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (Opas/OMS) e Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Conforme termo assinado em Brasília nesta quinta-feira (6) pelo embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada, e pelo coordenador residente das Nações Unidas no país, Niky Fabiancic, os recursos serão usados para “registro e documentação dos imigrantes, assistência nas comunidades de acolhida, apoio psicossocial, serviços de saúde e proteção de crianças em Roraima, Amazonas e Pará”.

De acordo com controle da Polícia Federal, em 28 meses (de janeiro de 2017 a abril de 2019), o Brasil recebeu cerca de 100 mil pedidos de refúgio de venezuelanos e 70 mil solicitações de residência temporária.

*Matéria alterada às 19h20 para correção de informação. Diferentemente do informado, a doação será de US$ 3,6 milhões e não bilhões.

Via
EBC
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios