Notícias

Jovem morre com 98% do corpo queimado durante churrasco em SP

Natali Steffani Martins Iligaray, de 22 anos, auxiliava o marido Wellington Martins, de 23, no último domingo (15). Homem continua internado

Uma mulher morreu e o um homem ficou gravemente ferido no último domingo (15) após acender uma churrasqueira em Vera Cruz, no interior de São Paulo. As informações são da Record TV.

Veja também: Grávida morre após ter AVC minutos antes de subir ao altar em SP

Natali Steffani Martins Iligaray, de 22 anos, teve 98% do corpo queimado enquanto auxiliava o marido Wellington Martins, de 23, a fazer fogo para um churrasco. O jovem também teve queimaduras que atingiram 35% do seu corpo.

Ambos foram socorridos e levados para o Hospital das Clínicas de Marília. No entanto, Natali não resistiu aos ferimentos e morreu na segunda-feira (16). Já Martins foi transferido em estado grave para o Departamento de Queimados da Santa Casa. O hospital não autorizou a divulgação do seu estado de saúde.

A polícia instaurou um inquérito para investigar o caso. A suspeita é que o uso de álcool líquido tenha ocasionado a explosão no equipamento portátil.

 

Via
R7
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios