Internacional

Ladrões roubam milhões em moedas de ouro na Casa da Moeda no México

Centenários estavam em cofre aberto em fabricante de peças na Cidade do México. Dois homens armados invadiram local durante o dia e colocaram mais de 1.500 moedas comemorativas dentro de uma mochila.

Ladrões armados invadiram uma fábrica de moedas do governo mexicano na terça-feira (6) e encheram uma mochila com mais de 50 milhões de pesos (quase R$ 10 milhões) em moedas de ouro de um cofre que havia sido deixado aberto, disseram autoridades de segurança.

O roubo à luz do dia foi o mais recente crime de grande repercussão que atingiu a Cidade do México.

Duas pessoas, uma delas com uma arma de fogo, invadiram uma agência da Casa da Moeda pela manhã depois de jogar no chão um guarda e tomar sua arma, informou a polícia da Cidade do México.

Um dos ladrões foi até o cofre, que estava aberto, e encheu uma mochila com 1.567 moedas de ouro, disse a polícia.

As moedas, conhecidas como “centenários”, têm um valor nominal de 50 pesos, mas são negociadas por 31.500 pesos (mais de R$ 6 mil) cada, de acordo com o banco mexicano Banorte. Isso faz com que o valor total da carga seja de quase R$ 10 milhões.

A moeda foi cunhada pela primeira vez em 1921 para comemorar o centésimo aniversário da independência mexicana da Espanha, de acordo com o banco central. A produção foi suspensa em 1931, mas a moeda voltou a ser produzida a partir de 1943 devido à demanda por moedas de ouro.

Um lado ostenta o brasão do México, com uma águia empoleirada no topo de um cacto, e o outro apresenta o icônico monumento Anjo da Independência da capital, apoiado pelos majestosos vulcões Iztaccihuatl e Popocatepetl. As moedas, de 37 mm (1,46 polegadas) de diâmetro, têm uma excelência de ouro de 0,900, ou 90% de pureza.

A mesma filial da Casa da Moeda também foi invadida no ano passado enquanto o prédio estava sendo reformado, segundo a mídia mexicana.

Via
G1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios