CidadesGeralSaúde

Mais de 1 milhão de pessoas contraem doenças sexuais por dia

Segundo a OMS, só a sífilis causou cerca de 200 mil natimortos e mortes prematuras de bebês em 2016.

Mais de 1 milhão de pessoas contraem doenças sexualmente transmissíveis por dia em todo o mundo, e os níveis de clamídia, gonorreia, triconomíase e sífilis são os mais preocupantes, disse a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quinta-feira.

A grande maioria das doenças são fáceis de prevenir e curar, mas algumas –em particular a gonorreia– estão envolvendo superbactérias cada vez mais difíceis de tratar com antibióticos, alertou a OMS em um relatório.

“As doenças sexualmente transmissíveis estão em toda parte. Elas são muito mais comuns do que pensamos”, disse a jornalistas Teodora Wi, autoridade médica do departamento de saúde reprodutiva e de pesquisa da OMS, quando os dados foram divulgados.

O relatório, baseado em dados globais de 2016 que são os mais recentes à disposição, mostrou que, entre homens e mulheres de 15 a 49 anos, houve 127 milhões de casos novos de clamídia em 2016, 87 milhões de gonorreia, 6,3 milhões de sífilis e 156 milhões de triconomíase.

As doenças sexualmente transmissíveis, ou DSTs, são “uma ameaça de saúde persistente e endêmica em todo o mundo” e têm um impacto profundo na saúde de adultos e crianças, disse a OMS.

Sem tratamento, elas podem causar problemas de saúde graves e crônicos que incluem doenças neurológicas e cardiovasculares, infertilidade, gravidez ectópica, natimortos e um aumento do risco de HIV.

Só a sífilis causou cerca de 200 mil natimortos e mortes prematuras de bebês em 2016, o que a torna uma das maiores causas de mortalidade de bebês em todo o globo, mostrou a pesquisa.

Peter Salama, diretor-executivo da OMS para cobertura de saúde universal, disse que os dados apontaram a necessidade de “um esforço combinado para garantir que todos em todos os lugares tenham acesso aos serviços de que precisam para evitar e tratar estas doenças debilitantes”.

Normalmente, as doenças sexuais causadas por bactérias podem ser tratadas e curadas com remédios amplamente disponíveis, mas o estudo da OMS disse que uma escassez recente no suprimento global de benzilpenicilina benzatina dificultou o controle da sífilis.

A resistência crescente a tratamentos de gonorreia também é uma ameaça de saúde cada vez maior.

Tim Jinks, especialista em doenças infecciosas da instituição de caridade global britânica Wellcome Trust, disse que o aumento nos casos de DSTs é alarmante, especialmente tendo em conta que alguns antibióticos estão se tornando menos eficientes devido à resistência.

Via
Reuters
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios