DestaquePolítica

‘Mais uma farsa desmontada’, diz Bolsonaro após divulgação de vídeo de reunião ministerial

Presidente afirmou que não há 'nenhum indício de interferência na Polícia Federal' em gravação; Onyx e Jorge de Oliveira defenderam conteúdo

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro afirmou que “mais uma farsa (foi) desmontada” com a divulgação do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril, divulgada nesta sexta-feira pelo ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF). “Nenhum indício de interferência na Polícia Federal”, acrescentou, em publicação no Facebook, junto com um trecho de 21 minutos da reunião.

Ministros saem em defesa

Alguns ministros saíram em defesa do presidente após a publicação do vídeo. O titular da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, afirmou em sua conta no Twitter que “conteúdo divulgado, sem nexo com o inquérito, apenas expõe” Bolsonaro com “palavras não polidas buscando o melhor para o Brasil”. “Em outros governos quem fala(ou) bonito f…(eu) nosso povo”, acrescentou Jorge.

Leia mais: 

Também em sua conta no Twitter, Onyx Lorenzoni, da Cidadania, afirmou que a “divulgação do vídeo da reunião mostra claramente um governo comandado por um homem que se preocupa em servir ao povo brasileiro” e que o “Brasil não estava acostumado a isso, e sim com governos que se serviam do trabalho do povo brasileiro”.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios