Internacional

Mecânico da American Airlines é preso por sabotar avião nos EUA, diz jornal

Insatisfeito com salário, homem entupiu um tubo de pitot com espuma. Equipamento fornece informações de altitude e velocidade aos pilotos.

Um mecânico da American Airlines foi preso nesta quinta-feira (5) acusado de sabotar o sistema de orientação de uma das aeronaves da companhia no Aeroporto Internacional de Miami, nos EUA. A informação é do jornal “Miami Herald”.

De acordo com a reportagem, o mecânico Abdul-Majeed Marouf Ahmed Alani colocou uma espécie de espuma em um tubo de pitot do avião. Esse dispositivo fornece informações de altitude e velocidade, e, entupidos, poderiam causar desorientação aos pilotos e levar a um acidente.

Porém, um alarme sobre a obstrução soou assim que os pilotos ligaram os motores do avião, que viajaria a Nassau, capital das Bahamas, com 150 pessoas. Eles, então, abortaram a decolagem, e a aeronave foi levada a manutenção.

A reportagem não informou qual o modelo do avião afetado pelo mecânico. A rota entre Miami e Nassau, geralmente, é feita com Boeing 737-800 ou Airbus A321, segundo o site “FlightRadar24”.

Via
G1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios