DestaqueJustiça

Messer deixa carceragem da PF e vai para Cadeia Pública no Rio

O doleiro Dario Messer já foi transferido da carceragem da Polícia Federal (PF), no Rio, para a Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, onde é feito o ingresso de presos no sistema penitenciário do Rio. De manhã, o doleiro fez exame de corpo de delito no Instituto Médico-Legal (IML). De Benfica, Messer seguirá para o Complexo Penitenciário de Gericinó, para onde são levados todos os presos da Lava Jato no Rio de Janeiro.

Conhecido como “doleiro dos doleiros”, Messer foi preso ontem (31) às 16h40, em um condomínio de luxo no bairro dos Jardins, em São Paulo. À noite, o doleiro seguiu para a Superintendência da PF, na zona portuária. Ele estava foragido da Justiça desde maio do ano passado.

Messer responde a vários processos abertos desde o fim da década de 1980. Ele é acusado de movimentar cerca de R$ 6 bilhões de forma suspeita para empresários e políticos, entre os quais o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral.

A ordem de prisão do doleiro foi expedida em maio de 2018, dentro da Operação Câmbio Desligo, conduzida pelo juiz Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio.

Via
Isto é
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios