Política

Ministério da Justiça firma acordo de cooperação técnica com Colômbia

Acordo permite compartilhamento de experiências na área da justiça

O Ministério da Justiça e Segurança Pública firmou nesta quarta-feira (16) um Convênio Interinstitucional de Cooperação Técnica com a Sociedad de Activos Especiales de Colombia (SAE). O acordo permitirá o compartilhamento de experiências, desde o cadastro dos bens apreendidos, até a concretização da venda dos itens confiscados do tráfico de drogas e de crimes relacionados à corrupção e à lavagem de dinheiro em ambos países.

A medida tem duração de dois anos, prorrogável pelo mesmo período. A cooperação prevê, também, a realização de cursos/seminários online para fortalecer o intercâmbio de experiências e estratégias, e disseminar o aprendizado entre os integrantes das instituições.

Gestão de ativos

De acordo com a pasta, já foram realizados 79 leilões, desde outubro do ano passado, gerando arrecadação de mais de R$102 milhões com a venda de bens associados a crimes e de moedas estrangeiras apreendidas.

Segundo o ministério, a alienação de bens confiscados de criminosos ocorria, em média, sete anos após a apreensão, afetando a arrecadação aos cofres públicos devido à deterioração dos itens ao longo do tempo. Segundo a pasta, atualmente o prazo foi reduzido para meses.

Edição: Aline Leal

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios