PolíticaSaúde

Ministério da Saúde lança novo portal com dados sobre a pandemia de coronavírus

Assim como a versão anterior, site dá destaque ao número de pacientes recuperados

BRASÍLIA – O Ministério da Saúde lançou nesta sexta-feira o novo portal com os dados da disseminação do coronavírus no país. O site segue a linha da versão anterior e dá mais destaque ao número de recuperados – as informações sobre contaminados e mortes aparecem uma linha abaixo.

O portal, assim como já acontecia, também traz como uma das principais informações a taxa de incidência e de mortes da doença, ou seja, os casos e óbitos por 100 mil habitantes. O novo layout dá mais destaque aos municípios. É possível ver os números absolutos relacionados à pandemia em todas as cidades do país. Ambos os portais – a versão antiga permanece no ar – oferecem os dados da doença nos estados.

Não é possível, no entanto, fazer o download de tabelas no site disponibilizado nesta sexta. O site anterior permitia ao usuário baixar um arquivo com os dados usados para atualizá-lo.

Durante uma reunião ministerial nesta semana, Pazuello negou que os dados seriam modificados. A divulgação diária das informações foi postergada pelo Ministério e chegou a acontecer depois das 22h – durante a gestão de Luiz Henrique Mandetta, as informações eram divulgadas por volta das 17h; ao assumir, Nelson Teich passou a divulgação para as 19h.

 

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios