DestaqueEntretenimentoNotícias

Monalisa Perrone pede demissão da Globo

Jornalista se sentiu preterida ao não assumir a bancada do 'Jornal Hoje'

No último dia 26, esta coluna que ninguém lê havia cantado a pedra de que Monalisa Perrone estava na mira da CNN Brasil. Pois bem. A jornalista, que apresentava o ‘Hora 1’, na Globo, pediu demissão. A informação foi confirmada pela assessoria da emissora.

Monalisa não estava mais satisfeita com a Globo, apesar do bom salário: algo em torno de R$ 50 mil. Mas, segundo rola nos bastidores da Globo, ela se sentiu preterida ao não assumir a bancada do ‘Jornal Hoje’ com a saída de Sandra Annenberg.  A direção da emissora escolheu Maju Coutinho para o cargo.

Monalisa já havia mostrado seu descontentamento com o horário do ‘Hora 1’. Como ela tinha que chegar por volta das 3h da manhã à sede da emissora, a jornalista tinha que dormir às 19h.

O salário de Monalisa na CNN não mudou, mas um dos principais atrativos da sua nova casa é o fato de os jornalistas poderem participar de campanhas publicitárias, aumentando consideravelmente seu faturamento mensal.

Via
Isto é
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios