Esportes

Morre Valdir Joaquim de Morais, lendário goleiro do Palmeiras

Aos 88 anos, ele teve falência múltipla dos órgãos em Porto Alegre, sua cidade natal

Morreu no início da tarde deste sábado Valdir Joaquim de Morais, lendário goleiro do Palmeiras. Aos 88 anos, ele estava internado na emergência do Hospital Moinhos de Vento desde a madrugada da última terça-feira, após passar mal, e teve falência múltipla dos órgãos em Porto Alegre, cidade onde nasceu.

Valdir Joaquim de Morais estava com a saúde debilitada desde 2016, após ter sofrido um AVC (acidente vascular cerebral). Em 2017, ele fraturou o fêmur e passou a ficar de cama. Seu quadro de saúde piorou nos últimos meses e passou a ser crítico nas semanas finais de vida.

O corpo de Valdir Joaquim de Morais será velado no cemitério São Miguel e Almas, neste domingo, das 8h30 às 16h. Em seguida, ele será cremado.

Valdir Joaquim de Morais ao lado do ex-presidente Paulo Nobre — Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com

Valdir Joaquim de Morais ao lado do ex-presidente Paulo Nobre — Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com

Carreira

Valdir Joaquim de Morais defendeu o gol do Palmeiras de 1958 e 1968, período no qual atuou em 480 partidas.

Como jogador, conquistou sete títulos pelo Verdão: Torneio Roberto Gomes Pedrosa (1967), Taça Brasil (1960 e 1967), Rio-São Paulo (1965) e Paulistão (1959, 1963 e 1966).

Ainda no Palmeiras, Valdir foi treinador interino por algumas vezes entre 1973 e 1980, consultor-técnico (à convite de Vanderlei Luxemburgo, atual treinador) de 1993 a 1997, período no qual enfileirou títulos.

Depois de se aposentar, Valdir Joaquim de Morais criou a profissão de preparador de goleiros em 1969, à época inexistente no Brasil. Nesta função, ele trabalhou na Seleção (Copa do Mundo de 1982) e também no São Paulo e no Corinthians, entre outros clubes.

Via
Por GloboEsporte
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios