Entretenimento

Morre Walter Mercado, o astrólogo do ‘ligue djá’

Porto-riquenho que estrelou comerciais de TV no Brasil foi vítima de uma 'aparente insuficiência renal', diz porta-voz

RIO – O astrólogo porto-riquenho Walter Mercado morreu no sábado à noite, aos 87 anos, no Hospital Auxilio Mutuo em San Juan, disse o porta-voz da família, Omar Matos. Matos informou que a morte aconteceu devido a uma “aparente insuficiência renal” por volta das 21h. Mercado ficou conhecido no Brasil nos anos 1990 pelo bordão “Ligue djá” usado em campanha publicitária de TV, na qual oferecia seus mapas astrais.

Célebre por seu visual andrógino, pelas roupas extravagantes, penteado volumoso e maquiagem carregada, Walter Mercado Salinas nasceu na localidade de Ponce, em 9 de março de 1932, e começou a carreira como ator de televisão. Ele virou apresentador quando, em um programa do produtor Elín Ortíz, da rede Telemundo, um artista convidado faltou. Como Mercado estava presente, Ortiz sugeriu que ele aproveitasse os quinze minutos disponíveis para fazer previsões astrológicas vestido de forma extravagante. Foi um sucesso.

Desde o mês passado, Mercado apresentava problemas de saúde. Esta semana, Fernan Vélez, apresentador do programa “Dando Candela”, disse que Mercado havia sido internado  em um hospital em San Juan, mas que estava em condições estáveis e com ligeira melhora.

O versátil artista atuou ainda como dançarino e escritor, alcançando sucesso mundial. Em  2010, ele passou a ser conhecido como Shanti Ananda, depois de perder o direito a seu nome em consequência de uma batalha legal com seu ex-empresário. Em 2012, sofreu problemas cardíacos que, segundo ele, o fizeram “ver a morte e voltar à vida”.

Em 2016, em entrevista ao apresentador de TV Gugu Liberato, o astrólogo revelou ser “assexuado”. “Não creio em sexo de cama. Creio em sexo através da compatibilidade mental e emocional, em todos os aspectos”, disse.

 

Via
O GLOBO
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios