Justiça

Motorista de Porsche suspeito de atropelar e matar idosa em SP se entrega à polícia

Na sexta-feira (26), diarista foi atropelada em uma faixa de pedestres nos Jardins. Em 2014, Fabio Alonso foi condenado por ter atropelado e matado um motociclista no Itaim Bibi.

O motorista do Porsche suspeito de atropelar e matar uma diarista de 65 anos em uma faixa de pedestre no bairro dos Jardins, na Zona Oeste da cidade de São Paulo, se apresentou à polícia na tarde desta segunda-feira (29).

Na sexta-feira (26), Audenilce Bernardina dos Santos, de 65 anos, estava a caminho do trabalho por volta das 6 horas, quando foi atropelada no cruzamento da Rua Augusta com a Alameda Franca. Uma testemunha disse que o motorista chegou a sair do carro e olhar para a idosa atropelada, mas voltou para o carro e saiu.

No mesmo dia, policiais do 78º Distrito Policial (DP) dos Jardins identificaram que o proprietário do veículo é Fabio Alonso de Carvalho e localizaram o carro na casa dele. No sábado (27), a Justiça decretou a prisão temporária e Fabio Alonso passou a ser considerado oficialmente foragido.

Após buscas em mais de 20 endereços durante todo o fim de semana e uma negociação entre advogados, o homem se entregou nesta tarde. Segundo a polícia, no depoimento Fábio negou que tenha dirigido em alta velocidade e disse que não bebeu.

Na sequência segue para o IML onde fará exames de corpo de delito, antes de ir para o 2° DP do Bom Retiro, onde ficará preso temporariamente. A polícia vai continuar as investigações e tentar imagens de câmeras de segurança. O delegado disse que irá indiciar Fábio por homicídio doloso porque ele assumiu o risco de matar ao dirigir em alta velocidade.

Em 2014, o corretor de móveis Fábio Alonso, aos 34 anos, foi condenado por ter atropelado e matado um motociclista sem ter prestado socorro à bordo de um Mustang no Itaim Bibi. Pelo acidente, Fábio foi indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, com o agravante de ter fugido do local.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios