GeralTecnologia

Mudou a selfie no Photoshop? Inteligência artificial agora pode dedurar você

Algoritmo criado por Adobe e universidade americana tem impressionante taxa de acerto de detecção de imagens editadas

Não é segredo para ninguém que programas de edição de imagem são constantemente usados nos dias de hoje, mas ser descoberto nem sempre é agradável. A Adobe, criadora do Photoshop, mais conhecido software do tipo, criou um algoritmo de inteligência artificial capaz de detectar quando fotos de rostos foram alterados pelo programa.

A pesquisa, realizada em parceria com a Universidade da Califórnia em Berkeley (UCB), consegue detectar edições em imagens usando a ferramenta Liquify, que é normalmente usada no Photoshop para alterar rostos e expressões faciais. Os criadores da pesquisa treinaram a rede neural com milhares de pares de fotos, uma contendo uma imagem alterada e outra sem edições.

“Os efeitos podem ser delicados, o que faz desse caso um teste intrigante para detectar alterações tantos sútis quanto drásticas”, disse a Adobe. Depois de treinada, a inteligência articial tinha um índice de acerto de 99% quando confrontada com pares de fotos. A taxa de acerto de humanso foi de 53%. O algoritmo faz ainda sugestões de edição para restaurar a foto para seu estado original.

A Adobe, porém, não pretende lançar comercialmente a ferramenta ainda. Os pesquisadores dizem que o algoritmo é apenas o primeiro passo para criar uma ferramenta complexa de identificação, que consegue apontar manipulações corporais. “Vivemos em um mundo onde está se tornando difícil confiar nas informações digitais que consumimos. Espero explorar mais essa área”, disse Richard Zhang, pesquisador da Adobe, ao site The Verge.

Via
Estadão
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios