Notícias

Na fronteira, 75 membros do PCC escavam túnel e fogem de presídio de Pedro Juan

Durante a madrugada deste domingo (19), aproximadamente 75 detentos do Presídio de Pedro Juan Caballero fugiram da unidade. A cidade é localizada na linha de fronteira entre o Paraguai e o Brasil, ao lado de Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande.

Veja mais: Globo busca mais de R$ 1 bilhão em empréstimos no exterior

Os presos, segundo o jornal paraguaio ABC Color, escavaram túnel e conseguiram, praticamente, esvaziar o pavilhão B, destinado aos presos da facção criminosa.

Conforme o jornal, o número ainda não está confirmado e apenas 1 dos presos teve a fuga frustrada. O jornal destaca que diversos sacos contendo areia do túnel cavado estavam empilhados na cela, indício de que a fuga mobilizou diversos presos da facção.

Divulgação/ABC Color

Túnel cavado para fuga do presídio em Pedro Juan Caballero

Ainda conforme o ABC, a distância entre o túnel e a guarita mais próxima é de apenas 25 metros, “onde deveria estar ao menos um guarda de cela”. Além dessa guarita, a próxima, se distancia cerca de 70 metros do túnel.

Veja mais:Assim como Eike Batista, seu filho e sua mulher também podem delatar

Foi avisado

O jornal lembra que a ministra da Justiça paraguaia, Cecilia Pérez, já havia declarado que as autoridades detectaram um plano de fuga de presos membros do PCC.

Segundo as investigações, a organização oferecia cerca de 80 mil dólares para carcereiros ou policiais que facilitassem a fuga. Com a informação, a ministra declarou que as autoridades estavam “reforçando a cobertura policial e militar” no Presídio de Pedro Juan.

Via
DIÁRIO CORUMBAENSE
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios