Mundo

Na Missa do Galo, Papa Francisco pede amor incondicional ao próximo

Na celebração da noite de Natal, pontífice pediu que fiéis transformem a si mesmos para transformar a Igreja e a História

VATICANO – O Papa Francisco defendeu o amor incondicional e gratuito pelo próximo, inclusive diante das piores condutas, como uma condição essencial para transformar o mundo e alcançar a paz. Durante a Missa do Galo, o pontífice falou a milhares de fiéis presentes na Basílica de São Pedro e também aos que acompanhavam a celebração pelos telões instalados na Praça de São Pedro, na noite de terça (24):

— O Natal nos lembra que Deus continua amando a todos, mesmo o pior de nós. Podemos ter ideias erradas, termos feito uma grande bagunça em nossas vidas, mas Deus continua a nos amar. Quantas vezes nós imaginamos que Deus é bom quando somos bons e que ele nos pune quando merecemos. Mas ele não é assim.

Sem mencionar casos específicos, Francisco também se referiu a problemas recentes enfrentados pela Igreja. Entre eles estão os casos de abuso sexual ao redor do mundo e as irregularidades financeiras envolvendo o Vaticano.

— Vamos contemplar o menino e nos entregar a seu amor terno. Não temos desculpas para não nos permitirmos o seu amor. Seja lá o que der errado em nossas vidas, o que não funciona na Igreja ou os problemas do mundo, nada disso serve de desculpa. Tudo é secundário diante do amor extravagante de Jesus, um amor humilde e íntimo.

Em seu discurso a 1,3 bilhão de católicos pelo mundo, Francisco falou sobre amor incondicional e pediu que os fiéis não esqueçam o sentimento de gratidão porque ele é a “melhor maneira de mudar o mundo”.

— Converter-se em dádiva é dar sentido à vida e é a melhor maneira de transformar o mundo: transformamos a nós mesmos, transformamos a Igreja, transformamos a História quando começamos a não querer mudar os outros mas apenas a nós mesmos.

Em sua mais recente tentativa de confrontar os escândalos sexuais envolvendo membros do clero, o Papa Francisco anunciou na semana passada o fim do segredo pontifício imposto a casos de abusos sexuais na Igreja, uma decisão elogiada pelos advogados de vítimas de um escândalo que atinge a instituição há mais de duas décadas.

No Dia de Natal, como é tradição, Francisco fará a homilia “Urbi et Orbi”, a partir da varanda do apartamento apóstólico, e abençoará os fiéis presentes na Praça de São Pedro. A mensagem do dia 25 de dezembro costuma ser sobre o significado do Natal em meio ao cenário contemporâneo, e o Papa deve aproveitar a ocasião para pedir o fim de conflitos armados e das injustiças que prejudicam os mais pobres.

Via
Fonte: O GLOBO
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios