DestaqueGeralPolítica

NELSON BARBUDO CONTRA A CARNE DE LABORATÓRIO

Produtos feitos em laboratório, através de células-tronco de músculos de bovinos, ou compostos de soja, frutas ou leguminosos seriam afetados

O deputado federal Nelson Barbudo, do PSL no Mato Grosso, apresentou à Câmara um projeto de lei que regulamento o uso da palavra “carne” em embalagens, rótulos e material de publicidade de alimentos.

Para Barbudo, o termo está sendo usado de maneira equivocada pela imprensa. O deputado solicita que a palavra, a exemplo de seus sinônimos e derivados “bife”, “hambúrguer”, “filé” e “bacon”, fique exclusivamente reservada a tecidos comestíveis de espécies de açougue (bovídeos, equídeos, suídeos, ovinos, caprinos, lagomorfos e aves domésticas), englobando massas musculares, com ou sem base óssea, gorduras, miúdos, sangue e vísceras, podendo os mesmos ser in natura ou processados.

A medida exclui, deste modo, o título de carne para produtos feitos em laboratório, através de células-tronco de músculos de bovinos, ou compostos de soja, frutas ou leguminosos.

Nelson Barbudo (PSL) foi o deputado mais votado no MT e prometeu lutar judicialmente para que a demarcação de 2012 na terra indígena seja revista Foto: Reprodução / Facebook

Se a proposta for aprovada, estabelecimentos terão noventa dias para retirar a “carne de jaca” do cardápio. Mas, até lá, há uma longa tramitação.

Via
O GLOBO
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios