DestaqueGeralPolítica

Novo fechará questão pela reforma da Previdência

Partido apoiará proposta, mas não integrará base do governo

O Partido Novo, que tem uma bancada de oito parlamentares na Câmara dos Deputados, informou hoje (10) que fechará questão a favor da proposta de reforma da Previdência que tramita no Congresso Nacional. O fechamento de questão obriga os deputados do partido a votar a favor da proposta. Dirigentes da legenda foram recebidos pelo presidente da República no Palácio do Planalto, como parte da série de reuniões que Bolsonaro vem tendodesde a semana passada com dirigentes partidários. Ao todo, Bolsonaro receberá dirigentes de 12 partidos.

“A bancada aqui, integralmente, apoia a reforma e se colocou à disposição do presidente para ajudar ainda mais nesse processo. Aproveitamos para elogiar, de fato, essa oportunidade e capacidade de diálogo, acho que é fundamental no Brasil de hoje”, disse o presidente do Novo, João Amoêdo, que foi candidato a presidente nas eleições de 2018 e participou da reunião. Segundo Amoêdo, o partido não defenderá alterações no texto, como tem declarado representantes de alguns partidos no Congresso.

O PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, também fechou questão a favor da reforma da Previdência. O dirigente nacional do PSL, deputado Luciano Bivar (PE), também se reuniu com o presidente da República pela manhã e reafirmou o apoio total da legenda à proosta.

Nesta quarta-feira, Bolsonaro recebeu também integrantes do Podemos, que declararam apoio à proposta, mas querem mudanças em alguns pontos, como as regras de aposentadoria dos professores.

Na semana passada, Bolsonaro se reuniu com presidentes e líderes do PRB, PSD, PSDB, DEM, PP e MDB. Ontem (9), ele esteve com os presidentes do PR e do Solidariedade. Ainda hoje, o presidente se reunirá com representantes do Avante e do PSC.

Base de governo
Apesar de apoiar totalmente a reforma da Previdência, o Partido Novo disse que não integrará a base de governo no Congresso Nacional. Segundo João Amoêdo, a legenda manterá postura de independência, mas votará a favor de medidas que favoreçam maior liberdade econômica, simplifiquem impostos e desburocratizem a legislação para empreendedores.

“O Novo será sempre independente, mas claramente aquelas pautas que forem a favor do Brasil, a favor do crescimento, da gente realmente ajudar quem mais precisa, o Novo sempre votará a favor”, afirmou.

Via
@AgenciaBrasil
Tags

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios