JustiçaLava Jato

Novo HC requer que a Corte reconheça a suspeição de procuradores da Lava Jato, anulem todos os processos e solte ex-presidente imediatamente

Defesa de Lula pede ao STF compartilhamento de mensagens hackeadas

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pede, em habeas corpus apresentado ao Supremo Tribunal Federal nesta terça-feira (13/08/2019), que o ministro Alexandre de Moraes compartilhe as conversas da Operação Lava Jato, vazadas e apreendidas na Operação Spoofing, da Polícia Federal.

Os diálogos teriam sido captados por hackers presos na operação. Walter Delgatti Neto admitiu à polícia que enviou as mensagens de forma anônima ao site The Intercept Brasil. No entanto, não há nenhuma evidência que liga o suspeito ao veículo.

No mesmo documento, os advogados de Lula pediram a anulação de todos os processos da Operação Lava Jato referentes ao ex-presidente. A petição pede a libertação imediata de Lula e a suspensão de todos os processos em andamento. A defesa pede ainda que os procuradores da Lava Jato sejam declarados suspeitos, com base nos diálogos que mantiveram e nas ações decorrentes desses diálogos, agora revelados pela Vaza Jato.

Desde o dia 9 de junho, o The Intercept tem publicado em parceria com outros veículos uma série de reportagens com base em mensagens trocadas no Telegram entre o ex-juiz da Lava Jato, Sergio Moro, e procuradores da República.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios