Internacional

‘Números da economia demonstram que nosso país está no caminho certo’, diz Bolsonaro em Abu Dhabi

Em discurso a empresários, presidente reforçou as perspectivas de investimentos na área de infraestrutura

ABU DHABI – O presidente Jair Bolsonaro discursou neste domingo a uma plateia de 111 empresários no hotel St. Regis, na capital da Arábia Saudita , Abu Dhabi, vendendo a perspectiva de investimentos na área de infraestrutura , em especial nos projetos do Programa de Parcerias de Infraestrutura ( PPI ).

Para justificar o interesse na área de defesa, o presidente sustentou que “o Brasil tem que ter em mente o poder de dissuasão porque somos um país maravilhoso, e que a Amazônia demonstra bem que muita gente tem interesse nela”.

– Estamos recuperando a confiança do mundo, os próprios números da nossa economia demonstram que nosso país está no caminho certo. É estender as mãos e dizer que podemos fazer muita coisa pelos nossos povos. O Brasil vai ser muito feliz com essa passagem na presidência – disse Bolsonaro, que classificou a performance de seu ministro da Economia, Paulo Guedes, de ”100%”.

Na entrevista coletiva concedida após o encontro, o presidente afirmou que,  “isso é bom para nós, porque faz com que nossos produtos cheguem de forma competitiva no consumidor final”. Na visita ao Japão, semana passada, Bolsonaro afrmou que o ‘Brasil tem pressa e a economia tem que decolar ‘.

O ministro das Relações Exteriores, chanceler Ernesto Araújo, sustentou que o Brasil vivia num modelo de economia fechada, e que estamos criando novo ambiente de negócios, com caminhos das reformas estruturais.

– Queremos, podemos e faremos negócios com todos os países. Mas quando temos visão de mundo coincidentes, podemos fazer ainda mais. É esse o caso hoje do Brasil e dos Emirados Árabes.

O tom ufanista do discurso contaminou os dois ministros presentes ao encontro, em um salão suntuoso, montado para a plateia convidada pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex).

O ministro da Onyx Lorenzoni, da Casa Civil, afirmou que o país vem cuidando do meio ambiente, tentando atrair os empresários com a perspectiva de que o” Brasil é um país com mais espaço para investimentos” do que em governos anteriores.

Da mesma forma, o primeiro dos integrantes da comitiva de Bolsonaro a discursar, o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, chegou a citar a relevância de festas regionais, como o festival de Barretos, em São Paulo, como oportunidade de negócios.

– Temos muitos cavalos árabes por lá, disse, ao cometer a gafe de se referir aos Emirados Arabes como Arábia Saudita.

Onyx: Brasil é um ‘mar de oportunidades’

Onyx distribuiu ainda uma cartilha com razões para os investidores apostarem no Brasil, como o momento de inteiro interesse nas privatizações e um combate formal à corrupção, com a promoção da integridade e da transparência entre os servidores. E afirmou que o Brasil conseguiu aprovar a maior reforma da Previdência da história, essencial para a modificação econômica do país.

Durante o discurso, a despeito das queimadas mundialmente noticiadas na Amazônia, o ministro afirmou que “o Brasil é um país que protege suas florestas. Não há nenhum país que proteja suas florestas como o Brasil, com agricultura de baixo impacto de carbono, matriz energética que tem na sua base uma ampla maioria de energia renovável”.  Onyx classificou o Brasil como um “mar de oportunidades”.

Após o seminário, o presidente Bolsonaro participou de cerimônia no Palácio de Governo (Qasr Al Watan), onde serão assinados atos bilaterais com o Xeque  Mohamed bin Zayed Al Nahyan, príncipe herdeiro de Abu Dhabi, conhecido coloquialmente por suas iniciais como MBZ.

Mais cedo, Bolsonaro comentou as eleições na Bolívia e as manifestações populares no Chile .

No sábado, após desembarcar em Abu Dhabi, como parte de sua visita a países do Oriente Médio, o presidente indicou que o próximo passo do governo será a reforma administrativa. Ele defendeu o fim da estabilidade para os novos servidores públicos , mantendo inalterados os direitos já adquiridos por aqueles que estão na ativa.

Memorando de entendimento

A Apex assinou, durante o fórum de que participou o presidente Bolsonaro, um memorando de entendimentos com o Departamento de Desenvolvimento Econômico de Abu Dhabi. O presidente da Apex-Brasil, Sérgio Segovia, e o ministro de estado dos Emirados Árabes, Ahmed Ali Sayeg, assinaram o memorando, o que vai facilitar as trocas bilaterais.

O memorando prevê que as duas organizações trocarão informações sobre o ambiente de negócios nos dois países e sobre chances para a promoção das exportações e investimentos.

Via
O GLOBO
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios