NotíciasSaúde

Operação acaba com festa clandestina onde estavam quase mil pessoas em Sorocaba

Com a chegada das equipes, alguns participantes da festa fugiram pela mata nas imediações da chácara

Após uma denúncia do Ministério Público Estadual, a Polícia Militar, a GCM (Guarda Civil Metropolitana) e a Prefeitura de Sorocaba realizaram, por volta das 23h desta quarta-feira (10), uma operação conjunta para acabar com uma festa clandestina em uma chácara da zona norte da cidade.

De acordo com a GCM, aproximadamente mil adolescentes e jovens estavam no local e não usavam máscaras de proteção.

Com a chegada das equipes, alguns participantes da festa fugiram pela mata nas imediações da chácara. Um rapaz de 23 anos, que se apresentou como um dos organizadores, foi levado à delegacia por descumprimento à quarentena e isolamento social, que coloca em risco a saúde pública. Ele foi autuado pelo crime de desobediência, além de ser multado pela prefeitura em R$ 6 mil por conta da realização de evento irregular.

Outras duas pessoas foram detidas por tráfico de drogas. Com elas, foram apreendidos 20 litros de lança-perfume. No local, a polícia também apreendeu grande quantidade de bebidas alcoólicas.

Segundo o chefe do Departamento de Comunicação da Guarda Civil Metropolitana de Sorocaba, GCM Ricardo Augusto Armenio, são muitas as denúncias de festas clandestinas neste período de quarentena.

“Os pancadões ocorrem especialmente nos finais de semana. Desta vez, a festa aconteceu no meio da semana por conta do feriado. A grande maioria, cerca de 80%, ocorrem nos bairros da zona norte da cidade”, explica o GCM Armenio.

Comentários no Facebook

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios