Polícia

Operação contra tráfico internacional de drogas apreende 1 tonelada de cocaína, 15 carros de luxo, joias, dinheiro e avião

Ao todo, 24 pessoas foram presas suspeitas de enviar drogas para a Europa. Entre elas estão o traficante Leonardo Dias, ex-aliado de Beira-Mar, e Nélio Pontes, ex-prefeito de São Miguel do Araguaia.

A Operação Ozark-Narco, contra o tráfico internacional de drogas, prendeu 24 pessoas e apreendeu 15 carros de luxo, joias, R$ 200 mil em dinheiro e um avião, nesta quarta-feira (4). A Polícia Federal também encontrou mais de 1 tonelada de cocaína nos portos de Itajaí, em Santa Catarina, e Santos, em São Paulo. A operação é realizada em Goiás, São Paulo, Pará, Minas Gerais e Distrito Federal.

Entre os presos estão o traficante Leonardo Dias Mendonça, de 56 anos, conhecido como “Barão do tráfico” e ex-aliado de Fernandinho Beira-Mar, e o ex-prefeito de São Miguel do Araguaia, Nélio Pontes (PSDB).

Segundo a PF, Leonardo Dias, que cumpria pena em regime semiaberto desde 2018 e usava tornozeleira eletrônica, comandava o esquema. Já o ex-prefeito Nélio Pontes atuava na logística do recebimento da droga dos países produtores, conforme a investigação.
De acordo com o delegado Bruno Gama, o grupo foi descoberto a partir da “identificação de pousos de aeronaves no interior de Goiás com descarregamento de droga”. Segundo ele, o grupo atuava de várias maneiras, desde o recebimento da droga até a remessa para países da Europa.

“Atuava com aeronaves de pequeno porte trazendo a droga da Bolívia para o Brasil, chegando até o interior de Goiás, onde a droga era descarregada e levada para esconderijo do grupo. A partir desse momento, atuava outra parte do grupo, que fazia a remessa da droga para o exterior, principalmente para países da Europa”, explicou.

 Operação Ozark-Narco apreende avião em Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Federal

Aquisição de empresas e imóveis

De acordo com as investigações, que começaram no início deste ano, o grupo usava o dinheiro arrecadado com o tráfico internacional de cocaína para a aquisição de empresas e imóveis, incluindo postos de combustíveis, faculdades e empresas de exploração de jogos.

Segundo o delegado Bruno Gama, a organização criminosa chegou a montar um aeródromo em Goiás. “Isso demonstra o grande poder financeiro e o lucro que eles estavam tendo com o tráfico de drogas”, afirmou.

Carros de luxo são apreendidos em operação da PF — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios