Polícia

Operação da polícia mira grupo que deu golpe de R$ 14 mi com cartões

Segundo investigações, integrantes da organização tiveram acesso a 21 mil dados de clientes. Ações ocorrem em pelo menos oito cidades de SP

Policiais do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) cumprem na manhã desta segunda-feira (16) sete mandados de prisão e outros 17 mandados de busca e apreensão em uma operação para demontar um grupo que aplicava golpes com cartões de crédito.

Os prejuízos superam R$ 14 milhões. As ações ocorrem na cidades de Guarulhos, Poá e Suzano, na Grande São Paulo, São José dos Campos, no Vale do Paraíba, São Vicente e Praia Grande, no Litoral.

A operação faz parte de uma apuração desenvolvida por policiais da 6ª Delegacia Patrimônio (Investigações sobre Facções Criminosas). O trabalho vem sendo realizado desde abril e conseguiu identificar um esquema de utilização de clonagem de cartões de crédito.

O levantamento apontou que os integrantes dessa organização tiveram acesso a 21 mil dados de clientes.

As informações permitiram simular transações financeiras. Os golpistas criavam empresas fictícias onde utilizavam os cartões de crédito como se fossem clientes. Dessa maneira recebiam os valores em contas correntes. Depois desapareciam.

As fraudes atingiram principalmente as empresas responsáveis por intermediar compras e vendas pela Internet. Os envolvidos respondem pelos crimes de estelionato e furto qualificado.

 

Via
R7
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios