Notícias

Padre Fábio de Melo anuncia que vai parar de fazer shows no fim do ano

Religioso alega desgaste de viagens para shows, mas afirma que vai manter carreira musical.

Quatro dias após abandonar o Twitter, o Padre Fábio de Melo decidiu também que vai parar de fazer shows. O religioso deve fazer sua última apresentação no dia 14 de dezembro em Belo Horizonte (MG).

Padre Fábio de Melo decidiu abandonar os palcos devido ao desgaste das viagens. “Ele está muito cansado de estradas, as viagens são muitos desgastantes. O padre está cuidando mais de sua saúde”, informou a assessoria de imprensa.

Apesar de anunciar o fim dos shows, o Padre Fábio de Melo deve seguir com a carreira musical e atividades que já mantém atualmente, como sacerdote católico, escritor, professor e apresentador. O primeiro disco do religioso foi lançado em 1997. Atualmente, o padre é vinculado à Diocese de Taubaté.

Saída do Twitter

Com sete milhões de fãs na conta, o Padre Fábio de Melo decidiu abandonar o Twitter na última semana. Ele recebeu muitos comentários negativos após criticar a “saidinha” de Dia dos Pais de Alexandre Nardoni.

Segundo declarou, a decisão é para preservar sua saúde mental. “Tenho uma saúde emocional a ser cuidada. Sei o quanto já provei a solidão provocada pela depressão, pelo pânico. Tomar remédios só faz sentido quando evitamos os gatilhos dos desconfortos. Este lugar deixou de ser saudável pra mim.”

Desde 2017, Fábio de Melo fala sobre o tratamento a depressão e síndrome do pânico. Ele é um dos personagens da nova série do Fantástico sobre o tema, comandada pelo médico Dráuzio Varella.

O padre ficou muito famoso na rede social por piadas e memes, mas também por pequenas mensagens de conforto deixadas para os seguidores.

Veja também:  ‘Não vai ser um Memorial da Anistia

Via
G1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios