Notícias

“Pai, estou vivo. Estou bem. Pode ficar calmo”, disse o filho, embaixo dos escombros em Fortaleza

Paulo Sampaio Martins, de 62 anos, se emocionou há cerca de uma hora quando seu telefone tocou. Era o filho, David Sampaio Martins, que telefonava de debaixo dos escombros do prédio da Rua Tibúrcio Cavalcante, em Fortaleza.

“Pai, estou vivo. Estou bem. Pode ficar calmo”, disse o filho.

Davi está sendo resgatado neste momento e tem apenas algumas escoriações. Pai e filho ainda não se encontraram. O rapaz, de 22 anos, estava se preparando para ir à faculdade. Paulo já tinha saído para trabalhar.

Segundo Paulo, o prédio estava sendo reformado, mas as colunas não estavam adequadamente escoradas.

“Não fizeram o serviço adequado”.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios