EconomiaMundo

Paulo Guedes representará governo no Fórum Econômico de Davos

Presidente Bolsonaro cancelou sua ida. Aspectos econômicos, de segurança e políticos nortearam a decisão, segundo porta-voz da Presidência

BRASÍLIA – O ministro da Economia, Paulo Guedes, representará o governo brasileiro no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, a partir do dia 20, tendo recebido pedido por reuniões de uma série de executivos de multinacionais, conforme documento interno visto pela Reuters.

Em périplo internacional que também incluirá passagens por São Francisco, nos Estados Unidos, e Nova Déli, na Índia,  o ministro deverá ficar fora do país de 16 a 27 de janeiro.

No grupo que já solicitou encontros em Davos, estão presidentes de empresas de diversos setores, incluindo financeiro, de energia, tecnologia e bebidas.

Pela programação, que ainda é preliminar, o ministro deve viajar primeiro para São Francisco, onde fará apresentação no dia 16 em reunião da Mont Pelerin Society, conhecida pela defesa das ideias liberais, na Universidade de Stanford.

De lá, Guedes passa o fim de semana em Zurique, na Suíça, onde não terá compromissos oficiais, chegando em Davos na segunda-feira, dia 20.

Além da participação em painéis do próprio Fórum, o ministro já tem agendados encontros com o presidente do UBS Group, Axel Weber, com o presidente da Microsoft, Brad Smith, e com o presidente da empresa de entregas UPS Internacional, Nando Cesarone.

Também estão previstas reuniões com o presidente do Canadian Pension Investment Board, Mark Machin, e com os CEOs da Arcelor Mittal, Lakshmi Mittal, e da Chevron, Mike Wirth.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios