GeralInternacional

Pentágono anuncia US$ 3,6 bilhões para muro na fronteira dos EUA com o México

Para conseguir os cerca de R$ 15 bilhões, departamento de Defesa adiou 127 projetos de construção e modernização de instalações militares nos Estados Unidos e no exterior.

O Pentágono anunciou nesta terça-feira (3) que destinará US$ 3,6 bilhões (cerca de R$ 15 bilhões) para a construção de um trecho de 280 km do muro na fronteira entre Estados Unidos e México, atendendo ao pedido do presidente Donald Trump.

Para desbloquear esta verba, o departamento de Defesa decidiu “adiar” 127 projetos de construção e modernização de instalações militares nos Estados Unidos e no exterior previstos no orçamento do Pentágono para 2019, informou o porta-voz Jonathan Hoffman.

Em maio, o governo dos EUA destinou US$ 1,5 bilhão para a obra do muro. Esses recursos inicialmente seriam destinados a outros projetos – inclusive aos de apoio às forças de segurança no Afeganistão.

Anteriormente, em março, o Pentágono aplicou US$ 1 bilhão na construção do muro, verba que originalmente também serviria para orçamento do Exército.

Obra do muro
Trump prometeu construir o muro na fronteira com o México ainda na campanha presidencial em 2016. O debate sobre a construção da barreira ganhou força entre o fim do ano passado e o início deste ano, quando impasses entre a Casa Branca e o Congresso dos EUA levaram a um “shutdown” parlamentar que durou mais de um mês.

Em seguida, após novo impasse, Trump declarou emergência nacional. A medida era uma forma de desbloquear verbas do Departamento de Defesa para as obras do muro.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios