Internacional

Polícia entra em choque com manifestantes em Hong Kong

Policiais usam gás contra multidão que protestou contra extradição

A polícia de Hong Kong usou gás lacrimogêneo para dispersar hoje (27) uma multidão que exigia ações contra gangues que agrediram manifestantes pró-democracia no fim de semana passado.

Milhares de pessoas desafiaram a proibição da polícia e voltaram às ruas para mais um capítulo da onda de protestos que vêm se realizando contra uma controversa proposta de lei de extradição e outros temas envolvendo democracia e direitos humanos.

Polícia usou gás lacrimogêneo para conter onda de protestos em Hong Kong (REUTERS/Tyrone Siu/Direitos Reservados)

O protesto deste sábado no distrito de Yuen Long – onde, no último domingo, 45 manifestantes foram espancados por homens que estavam com barras de metal – havia sido proibido pelas autoridades.

Centenas de manifestantes, na maioria vestidos de preto, percorreram uma das principais vias de Yeun Long, no noroeste de Hong Kong.

Alguns manifestantes gritavam slogans antipoliciais como “polícia negra” e “conhecem a lei, violam a lei”.

Os confrontos eclodiram mais tarde, quando a polícia de choque tentou dispersar os manifestantes em vários pontos do distrito da região autônoma chinesa.

A polícia disparou dezenas de granadas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta e alguns manifestantes retaliaram atirando projéteis em agentes oficiais.

Via
EBC
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios