Política

Política Fronteiras com países vizinhos terão restrições, diz Bolsonaro

Até agora, a única restrição foi feita na fronteira com a Venezuela

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (18) que o governo deve editar uma nova portaria interministerial para restringir a circulação de pessoas na fronteira do Brasil com os demais países sul-americanos, por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Até agora, a única restrição foi feita na fronteira com a Venezuela, em Roraima.

“Venezuela é mais importante porque lá o pessoal está fugindo da fome, da miséria e também de uma ditadura instalada. E a gente tem pena, mas não podemos arriscar”, disse o presidente na entrada do Palácio do Alvorada, residência oficial. “Estamos ultimando, para a gente pegar os demais outros países, vamos fazer o possível para conter a entrada de pessoas”.

Segundo Bolsonaro, não é simples conter o fluxo de pessoas, já que as fronteiras entre os Brasil e os demais países facilita a circulação. “Uruguai e Paraguai são fronteiras secas, são várias cidades que quase não tem fronteira, é uma linha imaginária”, disse.

Mais cedo, o presidente disse que a disseminação do novo coronavírus no Brasil preocupa o governo, mas pediu o empenho da população para seguir as orientações das autoridades e evitar o clima de pânico no país.

Por: Agência Brasil

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios