Mundo

Primeiro-ministro de Israel é reconduzido ao comando do Likud

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, acusado de corrupção e contestação interna no Likud (o partido nacionalista conservador), foi, ainda assim, reconduzido na noite dessa quinta-feira (26) à liderança do partido, vencendo o candidato Gideon Saar. Deputado e ex-ministro, Saar exigiu eleições para o comando do partido, após as acusações contra o primeiro-ministro.

Com a vitória – 72,5% dos votos contra 27,5% do adversário -, caberá a Netanyahu comandar o partido no desafio das eleições legislativas de março.

O primeiro-ministro de Israel ocupa lugar de destaque no Likud desde 1993, com um intervalo de seis anos durante os quais o partido esteve nas mãos de Ariel Sharon. Aos 70 anos, ele é o primeiro-ministro israelense com mais tempo no cargo: acumula mais de 13 anos de governo, dos quais dez sem interrupções.

“Uma imensa vitória. Obrigado aos membros do Likud pela confiança, apoio e afeto”, escreveu Netanyahu na rede social Twitter, cerca de uma hora após a votação.

Ele disse que com a ajuda dos que o apoiaram e de Deus, vai liderar o Likud em direção a uma grande vitória nas próximas eleições. “Continuaremos a levar o Estado de Israel a sucessos sem precedentes”, acrescentou.

*Emissora pública de televisão de Portugal

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios