Política

Procuradores temem a escolha do novo PGR fora a lista tríplice

Associação teme a escolha de um nome fora da lista eleita pela categoria

Com a expectativa do anúncio do nome do novo PGR, a Associação Nacional de Procuradores da República (ANPR) convocou a categoria para um dia nacional de mobilização na próxima segunda-feira, 9 de setembro.

O medo da categoria é que o presidente Jair Bolsonaro escolha alguém fora da lista tríplice eleita pelos procuradores este ano.

A diretoria da ANPR ainda convoca os membros do MPF a “uma recusa coletiva em assumir qualquer cargo ou função decorrente de escolha de PGR porventura realizada fora da lista tríplice”.

Nesse momento, nos bastidores do clã bolsonarista, o favorito para a indicação de Bolsonaro seria o subprocurador-geral Augusto Aras, com quem ele se encontrou novamente no último sábado. Ele não concorreu na eleição da ANPR.

Desde 2003, os presidentes indicaram um dos três mais votados na eleição da ANPR para o cargo. A opção daria mais independência para a atuação do MPF.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo