Política

‘Rainha das Quentinhas’ quer concorrer à sucessão de Crivella

RIO – Viúva do empresário Jair Coelho, conhecido como “Rei das Quentinhas” por um escândalo de superfaturamento usando refeições nas prisões, Ariadne Coelho é mais uma interessada na disputa pela sucessão do governo do Rio, Marcelo Crivella. Em vídeo divulgado por meio do WhatsApp para anunciar uma pré-candidatura, Ariadne diz que o Rio “merece mais carinho, uma mãe de verdade” e faz críticas a Crivella, ao governador Wilson Witzel e à Justiça brasileira.

– (A Justiça) É para poucos. Muitas vezes arbitrária. Injusta. E tendenciosa – diz.

A “Rainha das Quentinhas” ainda não tem partido, mas pode ser procurada pela sigla “direita, que apoia o presidente Bolsonaro”, segundo sua assessoria. No video, Ariadne diz que o país está “voltando aos trilhos” com o governo atual.

Para pré-candidata, Witzel “vem fazendo um bom governo, mas não deixa de ser um oportunista”. Crivella é uma grande decepção para a Rainha das Quentinhas. Em outra empreitada eleitoral, Ariadne concorreu ao deputado estadual pelo PSDC em 2014. Obteve 1.597 votos e não se elegeu.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios