GeralNotícias

Rapaz que foi atropelado para salvar cachorro da família lembra susto: ‘Tipo um filho’

Jovem de 20 anos passou por cirurgia em Sorocaba (SP) e teve alta; motorista não foi encontrado. Câmera de segurança registrou momento do acidente.

O jovem que foi atropelado por um carro para salvar o cachorro de estimação, na região da Vila Hortência, em Sorocaba (SP), se recupera em casa. O dono do animal, Fábio Augusto Pires, de 20 anos, recebeu alta após ser submetido a uma cirurgia no fêmur.

Em entrevista ao G1 nesta terça-feira (10), o rapaz contou que caminhava com o Snoop, cão de estimação há três anos na família, quando viu o carro voltando pela rua de marcha à ré e não exitou em salvar o animal.

“Ensinei a ficar ao meu lado sem coleira. Só que no dia do acidente eu olhei para cima da rua e foi tudo rápido. Pensei no cachorro, porque a gente pega amor e é tipo um filho. Ainda dei um grito e o cara não parou”, diz.

Câmeras de segurança registraram a ação O cachorro chegou a ser atingido pelo veículo, mas não se feriu.

O motorista que dirigia pela rua Padre Antônio Brunetti fugiu do local depois do acidente e não prestou socorro.

O rapaz foi encaminhado com ferimentos ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba e passou por uma cirurgia no fêmur. Ele teve alta na segunda-feira (9).

“Pouco de trauma, mas nada que a gente não possa superar. Tem que animar todo dia, porque o sol nasce todo dia”, conta.

A família registrou um boletim de ocorrência e o caso será apurado pela Polícia Civil. Ninguém foi identificado.

Snoop também foi atropelado, mas não se feriu — Foto: Arquivo Pessoal

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios