Entretenimento

Ratinho estuda a compra de afiliada da Globo no Nordeste

O apresentador Ratinho, dono do Grupo Massa, um conglomerado que comanda cinco emissoras de TV e 28 de rádio no Paraná, está em vias de entrar em negociações para a compra de uma importante afiliada da Globo no Nordeste.

Recentemente, o empresário fechou a negociação de uma rádio em São Paulo, a Estadão FM, por R$ 50 milhões. A sua possível nova aquisição envolve comprar as concessões e imóveis que pertencem a Organização Arnon de Mello (OAM), do senador e ex-presidente Fernando Collor de Mello (PROS).

De acordo com as informações do blog Sete Segundos, o contratado do SBT estaria de olho na concessão da TV Gazeta, afiliada da Globo em Alagoas, além de outras empresas que englobam a organização OAM.

No mês passado, a OAM ingressou com um processo de recuperação judicial, que está sendo avaliado pela Justiça. A medida levou à suspensão dos leilões dos imóveis, que estavam previstos para o último dia 3. A Justiça Federal poderia dar um desconto de quase 50% no valor original.

A TV Gazeta, o jornal Gazeta de Alagoas e as rádios AM e FM no interior e na Capital já formaram o conglomerado de comunicação mais forte da região. A crise do país abalou as estruturas da organização, com demissões para conter os gastos e crise entre a diretoria, deixando o futuro do grupo indefinido.

Historicamente, Ratinho e Globo nunca se entenderam. O apresentador foi considerado no final dos anos 90 e início dos anos 2000 como a maior pedra no sapato do canal no horário nobre. Em seu programa no SBT, vez ou outra o artista alfineta a emissora carioca.

O apresentador Ratinho e o SBT terão que desembolsar uma quantia considerável por uma indenização envolvendo uma fake news contra dois padres repercutida em uma edição do seu programa, de 1999.

A decisão, do Superior Tribunal de Justiça, deu ganho de causa para os sacerdotes. Tudo começou por causa de um casamento em Astorga, no Paraná. Um dia antes, os noivos cancelaram tudo e rolou pela cidade o boato de que o noivo e o padre estavam apaixonados.

Ratinho enviou uma equipe para a cidade e, lá, o então repórter do programa Herbert de Souza afirmou que “este padre teria se apaixonado pelo noivo na hora do casamento, e teria mandado um recado para o noivo, pedindo que não se casasse, que era apaixonado por ele. São os comentários, ninguém está falando absolutamente nada, até porque nós estamos esperando a noiva e o noivo nos estúdios“.

Ratinho, em um dos programas, declarou que “estava acontecendo um casamento e, de repente, o noivo – ao invés de se interessar pela noiva – gostou do padre“. O site “Espaço Vital” foi quem relembrou a história polêmica. As informações são do site “Conjur”.

Além de propagar a mentira, o SBT cometeu um segundo e grosseiro erro: colocou a imagem de outro padre na matéria. Por isso, o que estava prestes a celebrar o casório e o que foi colocado sem querer na história entraram com a ação.

 

Via
RD1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios