Notícias

Rio registra queda de 20% no número de crimes violentos em 2019

Mortes por intervenção de agentes do estado cresceram 18%

O estado do Rio de Janeiro registrou no ano passado uma queda de 20% nos chamados crimes violentos letais intencionais, dos quais fazem parte o homicídio doloso, o roubo seguido de morte e a lesão corporal seguida de morte.

Segundo dados divulgados nesta terça-feira (21) pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), em 2019, foram registradas 4.154 vítimas em todo o estado, contra 5.180 no ano anterior. O número de mortes por intervenção de agentes do estado, no entanto, cresceu 18% em 2019.

Outros índices pesquisados pelo ISP que também caíram foram o roubo de veículos, que passou de 52.097 em 2018 para 39.749 casos em 2019, com queda de 24%, e o de cargas, que caiu de 9.182 para 7.455 casos, com diminuição de 19%.

De acordo com a pesquisa, no ano passado, houve 120.456 roubos de rua, que incluem celulares. No ano anterior, foram feitos 130.620 registros, o que representa queda de 8%.

O número de policiais civis e militares mortos em serviço atingiu o menor número desde 2015: foram 22 policiais mortos em 2019.  Em 2018, ano que serviu de base para a comparação com os números de 2019, o estado do Rio esteve sob intervenção federal na maior parte do tempo.

Foram apreendidas 8.423 armas, sendo 550 fuzis, maior número nos últimos 12 anos.

Via
POR: EBC
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios