DestaqueGeralPolítica

Senadora Juíza Selma diz que avalia sair do PSL

A parlamentar afirma que pensa em sair do partido por conta de pressões partidárias pela derrubada da CPI da Lava Toga

BRASÍLIA — A Senadora Selma Arruda (PSL-MT) divulgou uma nota nesta terça-feira afirmando que avalia sair de seu partido por conta de pressões pela derrubada da CPI da Lava Toga .

“A senadora Juíza Selma esclarece que devido a divergências políticas internas, entre elas a pressão partidária pela derrubada da CPI da Lava Toga, está avaliando a possibilidade de não permanecer no PSL”, diz a nota

A parlamentar afirmou que recebeu convites de outros partidos, mas que não vai mudar sua posição de apoio ao governo. Ainda na nota, a senadora disse que não vai tirar sua assinatura de apoio a abertura da CPI.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), deixou o tema na gaveta durante o primeiro semestre. Recentemente, um grupo de senadores começou a se movimentar para ressuscitar a CPI, coletando assinaturas.

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios