Entretenimento

Televisão Boris Casoy apoia Bolsonaro e manda Roberto Alvim para o inferno

Jornalista não segurou as críticas contra o ex-secretário

Boris Casoy soltou o verbo contra Roberto Alvim, demitido da Secretaria Especial da Cultura, durante o RedeTV News da última sexta-feira (17). Após uma reportagem de cinco minutos, o âncora não segurou as críticas contra o ex-secretário do Governo Bolsonaro e o mandou para o inferno.

Veja mais: Morre no Recife empresário Antônio de Queiroz Galvão, aos 96 anos

No comentário, o veterano comemorou a decisão do presidente em, segundo ele, ter dado “um pé na bunda” de Alvim. “O discurso foi gravíssimo e o presidente Bolsonaro não perdeu tempo. Fez muito bem. Deu um pé na bunda desse estranho personagem. Alvim pediu desculpas, mas trata-se de um fato imperdoável”, afirmou.

Visivelmente irritado, o jornalista definiu Joseph Goebbels como uma figura sinistra. “Ele usou trechos inteiros, alguns ipsis litteris do pensamento de Joseph Goebbels, uma das figuras mais sinistras do Hitlerismo cujo o único ponto positivo na vida foi meter uma bala na própria cabeça”, declarou.

“E Alvim ainda usou uma trilha sonora de Wagner, compositor predileto de Hitler, que se esmerou em difundir o antissemitismo”, lembrou ele. “Essa fala não se explica, nem se justifica”, completou.

Veja mais:Chacina em bar deixa 6 mortos em Rio Branco; na mesma noite outro foi morto e um ficou ferido

Boris lembrou os soldados brasileiros mortos durante a guerra e mandou Roberto Alvim para o inferno. “Se abate sobre milhares de cadáveres da 2ª Guerra Mundial. Se abate também sobre os cadáveres dos pracinhas brasileiros, mortos na Europa, combatendo o nazismo. Roberto Alvim, vá para o inferno. Nazismo nunca mais!”, enfatizou.

Via
RD1
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios