Internacional

Tiroteio perto de sinagoga deixa dois mortos em cidade alemã

Incidente ocorreu em Halle, que fica a cerca de 150 km de Berlim. Pelo Twitter, polícia pediu que população local se abrigue em locais seguros

Um tiroteio deixou ao menos dois mortos perto de uma sinagoga na manhã desta quarta-feira (9) na cidade de Halle, na Alemanha, que fica a cerca de 150 km de Berlim. Uma granada também fora lançada em um cemitério judeu.

Veja também: PF mira organização criminosa que atua no tráfico internacional de drogas sintéticas

Veja também: Ataque com faca na sede da polícia em Paris deixou cinco mortos

Pelo Twitter, a poícia local informou prendeu um suspeito e pediu que os moradores da região fiquem em casa ou se abriguem em lugares seguros.

O ataque a tiros ocorreu no Yom Kippur, dia mais sagrado do ano para o judaísmo, quando os judeus jejuam por mais de 24 horas em busca de redenção.

Veja também: Congresso adia votação de projeto que remaneja R$3 bi do Orçamento; LDO também é adiada

Segundo a agência de notícias Reuters, um segundo ataque a tiros ainda foi relatado em Landsberg, cerca de 15 quilômetros a leste de Halle.

Via
R7
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios