Mundo

Trump elogia sucesso econômico dos EUA no dia do julgamento de seu impeachment no Senado

Diante de um auditório lotado, em Davos, presidente americano volta a criticar política de juros do Federal Reserve

DAVOS, Suíça – À medida que o julgamento de seu impeachment se inicia no Senado americano, a milhares de quilômetros de distância, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ocupou o centro do palco em Davos, nesta terça-feira, para enaltecer o sucesso da economia de seu país.

Veja mais: Sobe para 5 o número de recapturados após fuga de presídio no Paraguai

Trump, que está participando de sua segunda reunião de líderes políticos e empresariais globais no Fórum Econômico Mundial, também disse a um auditório lotado que os recentes acordos comerciais com a China, assinado no dia 15 deste mês, e o México representam um modelo para o século 21.

Ele acrescentou que as negociações da ‘fase 2’ do acordo com os chineses começarão em breve.

Em seu discurso, abordou alguns dos temas que fizeram parte de seu discurso quando se dirigiu ao Fórum Econômico Mundial pela primeira vez, há dois anos. Disse que os EUA “estão no meio de um boom econômico que o mundo nunca viu antes”.

“Recuperamos nosso passo; descobrimos nosso espírito e despertamos a maquinaria poderosa das empresas americanas ”, disse Trump. “Os Estados Unidos prosperam; os Estados Unidos estão florescendo. E, sim, os Estados Unidos estão ganhando novamente como nunca antes.”

Veja mais:Guedes diz que Brasil vai abrir compras do governo a estrangeiros

Diante de um auditório lotado, o presidente dos EUA voltou a criticar a política de taxas de juros do Federal Reserve, dizendo que o banco central americano aumentou as taxas de juros muito rapidamente:

“Esses grandes números da economia) são apesar do fato de o Fed ter aumentado as taxas muito rapidamente e as reduzido muito lentamente. Eu vejo um tremendo potencial para o futuro. Nem começamos, porque os números de que estamos falando são enormes. O tempo do ceticismo acabou”.

O julgamento do impeachment de Trump começa formalmente no Senado dos EUA, às 11h (hora de Brasília), após o presidente republicano ter sido acusado pela Câmara dos Deputados — dominada pelos democratas — em dezembro de “altos crimes e delitos”, controlado pelos republicanos, diz que é inocente das acusações.

Via
O GLOBO
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios