DestaquePolícia

Um agente da Polícia Federal foi morto a tiros na tarde desta quinta-feira na favela na Rua São Lourenço

Carro onde vítima estava foi pichado por criminosos posteriormente com iniciais de facção. Outro policial que estava na viatura descaracterizada não se feriu

RIO — Um agente da Polícia Federal foi morto a tiros na tarde desta quinta-feira na favela na Rua São Lourenço, na favela do Rola, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. O homem, que ainda não teve a identidade revelada, foi atingido dentro de uma viatura descaracterizada, uma Mitsubishi L200 preta. O 27º BPM (Santa Cruz) e bombeiros da região foram acionados e estão no local.

O carro onde o policial estava foi pichado com as iniciais da maior facção criminosa do Rio. Desde outubro de 2018, milicianos assumiram o comando da favela, que antes era dominada pela quadrilha. De acordo com fontes ouvidas, não houve nenhum confronto entre os dois grupos criminosos nesta quinta-feira. Em um dos vidros da viatura, foi escrita a frase “Vai morrer”.
De acordo com informações preliminares, o agente foi à favela fazer uma intimação acompanhado de outro policial. Ainda não há informações se esse agente também ficou ferido. O caso será investigado pela Polícia Federal.
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios