Polícia

Um Policial Militar é morto e outro dois policiais ficam feridos em tiroteio no Complexo do Alemão

Um policial morreu e outro dois ficaram feridos durante um tiroteio na comunidade Fazendinha, no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio, na tarde desta terça-feira. De acordo com a Polícia Militar, os agentes foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alemão, mas o cabo Rafael dos Santos Neves, de 39 anos, atingido no tórax, não resistiu aos ferimentos. Os outros dois militares foram transferidos para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha.

Segundo o hospital , um dos PMs foi baleado em um dos braços e o outro na perna direita — este, ferido de raspão, recebeu alta. Já o primeiro sofreu uma lesão na artéria do braço direito e está internado no centro cirúrgico da unidade; sendo a corporação, ele está estável. A PM informou que o Batalhão de Olária (16ºBPM) foi acionado para auxiliar no confronto, na Fazendinha. Moradores relataram a presença de caveirão na comunidade.

A PM informou que o Batalhão de Olária (16ºBPM) foi acionado para auxiliar no confronto. O policiamento na região foi reforçado. Moradores relataram a presença de caveirão na comunidade.

Em a nota, a PM lamentou a morte do cabo Rafael dos Santos Neves. De acordo com a corporação, ele foi atingido junto com outros dois agentes durante um patrulhamento na comunidade. A equipe da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Fazendinha foi alvo de disparos por criminosos enquanto estavam na Rua Antônio Austraugesilo, segundo informou a Polícia Militar.

De acordo com a corporação, o cabo Neves estava na PM desde junho de 2009. O policial deixa esposa, um filho e um enteado. Ainda não há informações sobre o sepultamento do militar.

O Disque Denúncia procura informações sobre os envolvidos na morte do policial. Um cartaz de “Quem matou?” foi divulgado ainda na noite desta terça-feira. Quem tiver qualquer informação sobre a identificação e a localização dos suspeitos deve denunciar às autoridades por meio dos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados, pelo número (21) 98849-6099; por mensagem para a página do Portal dos Procurados no Facebook, pela mesa de atendimento do Disque-Denúncia, telefone (21) 2253-1177, ou pelo aplicativo para celular. O anonimato é garantido.

Via
Extra
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios