BrasilMinas GeraisNotícias

Vale realiza adoção virtual de animais resgatados em Brumadinho

Em um mês de campanha foram doados 35 cães e 11 gatos

Animais resgatados em Brumadinho podem ser adotados de forma online durante o período de isolamento social provocado pela pandemia da covid-19. Em um mês de campanha online realizada pela mineradora Vale, 35 cães e 11 gatos foram adotados pelo site Me leva pra casa, que recebeu mais de 24 mil acessos simultâneos.

site tem fotos e informações sobre porte, sexo, saúde e comportamento dos bichinhos. Cerca de 150 animais ainda estão disponíveis para adoção virtual. A equipe de veterinários também realiza videochamadas para que os interessados conheçam melhor os animais, resgatados após o rompimento da barragem da Vale, em janeiro de 2019.

Até o momento, a mineradora já realizou três feiras presenciais de adoção de cães e gatos. Nesses eventos, 198 animais foram adotados e 17 animais resgatados foram devolvidos aos seus antigos donos.

 

Cachorro, Cães, Adorção, Brumadinho
Cachorro, Cães, Adorção, Brumadinho – Fazenda Abrigo e Fauna de Brumadinho

De acordo com a Vale, a maioria dos animais foram resgatados nas áreas atingidas, em residências nas comunidades, deixados voluntariamente por seus tutores ou, em muitos casos, abandonados na entrada da Fazenda ou do Hospital Veterinário. Logo após o rompimento da Barragem 1, em Brumadinho, a Vale alugou uma fazenda para receber os animais resgatados e criou uma estrutura para acolher e tratar animais de pequeno e grande porte resgatados na região.

Adoção virtual

Os interessados em adotar, devem preencher um formulário e aguardar o retorno da equipe técnica da Fazenda, que pode ser feito em até sete dias. Em caso de confirmação da adoção, o animal pode ser entregue na região metropolitana de Belo Horizonte. Caso o interessado seja fora dessa região, é possível marcar horário para buscar o bichinho.

A Vale é responsável por vacinar, vermifugar, castrar e acompanhar a adaptação em novos lares ao longo dos seis primeiros meses.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios