Esportes

Viúvas de jogadores da Chapecoense organizam protesto: ‘Nada foi resolvido até agora’

O voo da LaMia que vitimou 71 funcionários, dirigentes e jogadores da Chapecoense continua vivo na memória dos familiares das vítimas.

Em entrevista à TV Globo, Rosângela Loureira, viúva de Cleber Santana, então capitão da equipe, afirmou que as famílias ainda lutam para receber a indenização pelo desastre.

“Vai fazer três anos da queda e nada foi resolvido até agora”, afirmou Rosângela.

No dia 26 de setembro, ela e outras oito viúvas, além do zagueiro Neto – um dos seis sobreviventes do acidente –, vão à Londres para protestar na sede da Aon, empresa que alegam ser a seguradora do voo.

“Todas as viúvas queriam estar lá, mas nem todas podem porque é em Londres. Não é barato. A gente está indo por nossa conta.

Quem tem mais condições é quem está indo. Vamos fazer um protesto na sede. A empresa (Aon) é uma das patrocinadoras de um dos maiores times do mundo, que é o Manchester United. Até agora não tivemos verdades e nem reparações”, declarou.

O seguro da aeronave, segundo o GloboEsporte.com, era de 25 milhões de dólares – aproximadamente R$ 105 milhões – na época do acidente. Os advogados das famílias das vítimas alegam, porém, que até 2015 o valor de 300 milhões de dólares – cerca de R$ 1,2 bilhão – e que a apólice caiu de valor mesmo com o risco ampliado por passar a transportar clubes de futebol.

 

Via
Isto é
Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios