Geral

Witzel tem plano de criar presídio exclusivo para traficantes que fizerem delação premiada

Segundo governador, penitenciária de Volta Redonda abrirá 500 vagas para criminosos dissidentes que terão tratamento diferenciado

RIO — O governador Wilson Witzel disse ter um plano para criar um presídio no Rio para abrigar criminosos dissidentes do tráfico de drogas . Segundo Witzel, 500 vagas estão sendo criadas na penitenciária de Volta Redonda para receber traficantes que decidirem fazer delação premiada .

— No Rio de Janeiro o que eu fiz? Separei uma penitenciária para receber quem quiser se entregar. Tem 500 vagas. Quem quiser se entregar vem para para a penitenciaria. Vai ter um tratamento diferenciado, uma mudança identidade. Nós vamos cuidar para que aquele soldado do tráfico seja incluído na sociedade e tenha uma vida nova, se arrependa — disse o governador durante palestra em Vitória no Fórum Nacional da Associação das Entidades Representativas de Policiais Militares e Bombeiros Militares do Brasil.

Witzel ainda comentou que o objetivo é que o traficante abandone o fuzil e se entregue à polícia:

— É preciso ter um política para aqueles que querem se entregar. Podem fazer delação premiada, ficar em uma penitenciária especial para abandonar efetivamente o fuzil — afirmou o governador à CBN Vitória.

Durante sua participação no Fórum, o governador voltou a comentar que irá ao judiciário pedir a autorização para “abater quem estiver de fuzil nas comunidades”. Em meio a comentários que quer suceder ao presidente Jair Bolsonaro no Planalto, Witzel disse que com o uso de snipers em operações, o Rio será um laboratório para outras cidades do país:

Etiquetas

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios